10
maio

OS 10 PECADOS DO OLEH CHADASH

Nos últimos anos, trabalhando como voluntário, pude acompanhar as dificuldades de dezenas de famílias que fizeram Aliyah. Baseado nesta experiência, trago aqui uma lista dos 10 principais “pecados” do Oleh Chadash. Pecado 1) Não se preparar antes de fazer Aliyah O primeiro pecado já começa antes da Aliyah: Muitas pessoas não se preparam como deveriam. O Oleh não deve esperar pelo Ulpan para comecar “do zero”, o certo é estudar hebraico antes de sair do Brasil e chegar aqui já com um vocabulário básico. Também é importante estudar a geografia de Israel, aprender onde ficam as principais cidades e as...
Ler Mais
01
maio

O verdadeiro conceito da Gueulá!

Nosso artigo vai tratar da ligação de Yom Haatzmaut, Yom Yerushalaim e o Estado de Israel. Quando nós tratamos do Dia da Independência e da importância de Yom Ierushalaim, não há dúvida que todo contexto do que estamos tratando é de gueulá (redenção). Mas o que é gueulá? Muito se fala de Mashiach. Mas o que é isso? O Ramchal (Rav Chaim Moshé Luzzato) explica em seu livro Derech Hashem (Os Caminhos de D’s) que D’us criou o mundo com um propósito que é o de dar uma bondade infinita para Am Israel. Essa bondade é a conexão que Am...
Ler Mais
27
abr

“Não há Torá como a da Terra de Israel, e não há sabedoria como a da Terra de Israel” (Bereshit Raba 15,4)

Ao longo das gerações, o estudo da Torá foi tomando formas diferentes. Existem até mesmo denominações distintas para cada geração de rabinos e estudiosos. Os Rabinos da época da Mishná são chamados de Tanaim, os da época da Guemará (Talmud) são os Amoraim, posteriormente tem os Saboraim, os Gueonim, depois os Rishonim e Acharonim. Algumas destas categorias duraram 10 ou mais gerações com a mesma denominação e outras duraram somente 2 gerações. O motivo de cada uma destas mudanças de denominação é uma mudança relevante no modo de estudo – e tal denominação somente aparece a posteriori, ou seja, algum...
Ler Mais
20
abr

Hebraico: sobre as expressões idiomáticas

Há dois anos me mudei de país. Subi para Israel. Sim, subi. Essa seria a tradução literal. Em hebraico, quem se muda para Israel se diz “la’alot hartza”, ou seja, subir para o país. E quem sai de Israel desce, “iored”. Pois bem, desde que “subi”, fui aprendendo hebraico e mais que isso, fui aprendendo as expressões idiomáticas. Compartilho com vocês algumas das que mais me tocaram. Pense quais são os principais adjetivos que damos às crianças. Eu sempre gostei de dizer às minhas meninas: Sabida! Fofa! Lindona! Forte! Agora aqui em Israel, com minha pequena de quase seis anos,...
Ler Mais
07
abr

Dayenu – Nos Bastaria?!?

A Hagadá de pessach é repleta de textos e músicas que já fazem parte de nossa tradição, e acabamos por dizê-los ou cantar músicas sem prestamos a devida atenção ao que estamos recitando. Um dos exemplos é a canção “Dayenu”. Ela fica no final da parte “maguid” – que é a parte onde falamos sobre a saída do Egito. No “Dayenu” cantamos que: – Caso D’us nos tirasse do Egito, mesmo sem julgar (e punir) os egípcios (devido a maus tratos em relação a nós), nos bastaria. – Caso tivesse julgado os egípcios, mesmo sem tocar em seus deuses, nos...
Ler Mais

You are donating to :

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
Loading...